Devo investir em imóveis ou em ações?

Notícias > Artigo do Blog > Devo investir em imóveis ou em …

Os investidores ocasionais mais estabelecidos deveriam considerar a conformação de um portfólio que incluísse tanto bens de raiz como ações. Os investidores de maior poder aquisitivo, tais como, por exemplo, o grande Warren Buffet, podem se dar ao luxo de assumir riscos apostando todo seu dinheiro em espécie em um único ativo. No entanto, para o investidor médio, que possui muito menos dinheiro em espécie para colocar em jogo, distribuir seu dinheiro o protegerá contra qualquer baixa em algum tipo de ativo.

Porém, suponhamos que você somente deseja investir em um tipo de ativos, tal como para começar; o que seria melhor, imóveis ou ações? Vamos dar uma olhada nos prós e contras de cada um deles.

Investir em imóveis

O imóvel é um investimento sólido e relativamente simples, para a maioria das pessoas. Não é necessário navegar pelo complexo mercado de valores, e o seu assessor jurídico simplificará qualquer vocabulário difícil com o qual você se encontrar. No entanto, isso não quer dizer que não surjam alguns inconvenientes ao se investir em bens imóveis.

Prós:

 Existem muito boas razões para se investir em imóveis; aqui estão algumas:

Do ponto de vista histórico, o setor imobiliário tem conformado um dos tipos de ativos mais estáveis. Durante a pandemia, inclusive as prestigiadas ações de bluechip viram-se gravemente afetadas pela atual incerteza. Em comparação, o setor imobiliário está prosperando em todo o mundo; nos Estados Unidos, o preço médio das moradias aumentou em 18% entre outubro de 2020 e outubro de 2021.

O imóvel sempre estará em demanda (principalmente se você investir em imóveis residenciais), o que significa que seu investimento nunca se tornará obsoleto e nem será invendível.

Os bens de raiz são um investimento a mais longo prazo, e que possui um significativo potencial de valorização. Em Chicago, por exemplo, os preços das moradias têm aumentado em uma média de 53% desde os fins de 2011; inclusive umas poucas baixas no mercado não afetaram a tendência de preços em longo prazo.

De modo potencial, você poderia obter ganhos por aluguel no curto ou médio prazo enquanto espera que o imóvel se revalorize. De forma alternativa, você pode utilizar os ganhos de aluguel para complementar sua renda ou financiar sua aposentadoria, e manter o imóvel como uma fonte constante de receita.

Contras:

Ainda que os bens de raiz sejam uma excelente opção, não seria realista afirmar que investir não pode chegar a ter inconvenientes.

Os bens imóveis não podem ser liquidados de forma imediata. Se você deseja que seu dinheiro em espécie seja de fácil acesso (por exemplo, se você planeja uma grande compra dentro de um ano), é provável que os bens imóveis não sejam a melhor opção.

Investir em bens imóveis internacionais pode ser complexo, especialmente se não se fala o idioma ou não se compreende os impostos do país ou os processos normativos de compra de imóveis. Felizmente, investir através de uma plataforma como Bricksave pode minimizar esse problema (mas falaremos sobre isso mais tarde...).

O custo de comprar um imóvel na íntegra está fora do alcance para muitos investidores.

Investir em ações

Ações e participações oferecem a opção de investir em uma ampla gama de setores e em todos os países. Você pode participar de algumas das empresas mais bem-sucedidas do mundo ou apoiar novas e empolgantes empresas em seu caminho para o topo. No entanto, a maioria das pessoas não está familiarizada com o processo de investimento nos mercados de ações, já que poderiam ser um pouco confusos para transitar.

Prós:

Estes são apenas alguns dos melhores aspectos sobre o investimento em ações: 

Você pode usufruir de grandes rendimentos no curto prazo. Assim como com qualquer investimento, os retornos nunca são garantidos. Porém, se você estiver disposto a correr mais riscos e colocar seu dinheiro em ações de crescimento, existe a possibilidade de que você possa recuperar seu dinheiro (e mais do que isso) com muita rapidez.

Existem muitas opções e, portanto, você pode apoiar empresas e setores que realmente lhe interessam. Seja apoiando energia verde, tecnologia de realidade virtual ou moda inovadora, a escolha é sua.

Existem duas formas de obter receita: por meio de dividendos, que são pagos anualmente, e pela venda das ações por um valor maior (embora nenhum dos dois seja garantido!).

Contras:

Há uma série de coisas que poderiam operar como desvantagens, quando se trata de ações e participações:

Nenhuma empresa é imune às flutuações do mercado, pelo qual, inclusive, os investimentos em grandes marcas são vulneráveis ​​a crises econômicas.

Comprar ações de novas empresas pode ser muito mais barato, mas é muito mais arriscado, pois você está apostando seu dinheiro sem um histórico sólido que o justifique.

Você deve ter paciência com algumas ações (como novas empresas que levam muitos anos para se tornarem lucrativas), o que significa que não vão render resultados no curto prazo.

É sensato procurar conselhos de um assessor financeiro antes de começar, o que faz com que o custo aumente. Também pode ser possível que você precise pagá-lo para gerenciar seu portfólio de ações, caso não tiver certeza do que está fazendo.

Criar um portfólio equilibrado

Balancear o seu portfólio é a melhor aposta para os investidores que tendem a evitar o risco. Embora nenhum investimento seja totalmente garantido, pesquisar sobre uma variedade de classes de ativos, incluindo imóveis, ações, títulos e muito mais, lhe dará uma chance melhor de alcançar seus objetivos financeiros.

Suponhamos que, por exemplo, você aposte todo o seu dinheiro em espécie em uma empresa. Ainda que possa parecer que você tenha encontrado ouro, no início, avisos como os da malfadada empresa de biotecnologia Theranos mostram como os investimentos podem falhar de maneira drástica. No entanto, com o respaldo de um investimento imobiliário, sua perda poderia ser amortecida pela receita de aluguéis ou pela valorização do valor da moradia.

Como Bricksave o ajuda a diversificar

Você está procurando uma forma de somar bens imóveis ao seu portfólio de investimentos por apenas USD 1.000,00? Bricksave lhe permite fazer exatamente isso. Você pode financiar, em forma coletiva, imóveis interessantes em locais atraentes ao redor do mundo, incluindo os Estados Unidos, sem o incômodo ou a despesa de comprar um imóvel à vista. Você também usufruirá de uma participação na receita vinda do aluguel e, potencialmente, obterá um excelente retorno do seu investimento se o imóvel se valorizar.

Saiba mais sobre como começar a investir em bens de raiz com Bricksave.

Bricksave Admin
Bricksave Team

Fevereiro 07, 2022

COMPARTILHAR ESTE ARTIGO

Artigos relacionados

Crowdfunding Imobiliário: retornos consistentes e confiáveis para aumentar sua riqueza
Setembro 29, 2022

Crowdfunding Imobiliário: retornos consistentes e confiáveis para aumentar sua riqueza

Rentabilidade estável e confiável – O segredo para acumular riqueza ao longo do tempo Por que nós investimos? A resposta é simples: ganhar dinheiro. Você pode estar economizando para a …

O que são os retornos de aluguel e como calculá-los?
Setembro 02, 2022

O que são os retornos de aluguel e como calculá-los?

Imóveis e os retornos de aluguel Retornos de aluguel são os rendimentos gerados por uma propriedade. Os aluguéis representam uma importante fonte de renda estável e de longo prazo para …

Por que investir na Filadélfia?
Agosto 10, 2022

Por que investir na Filadélfia?

O aumento do aluguel nos EUA não é exatamente uma revelação chocante. Na verdade, temos visto um aumento ano a ano desde 1980. E agora, com os preços novamente atingindo …

Imóveis disponíveis

O investimento está associado a riscos, incluindo a perda de capital e a falta de liquidez. Leia nossa Advertência de Riscos antes de investir.