Comercial ou residencial – Por que investir em imóveis residenciais?

Notícias > Artigo do Blog > Comercial ou residencial – Por que …

Uma das primeiras perguntas feitas a potenciais investidores imobiliários é sobre a preferência por imóveis comerciais ou residenciais. Não é uma decisão tomada da noite para o dia, e cada um deve refletir sobre seu perfil financeiro antes de chegar à melhor opção.

Mas a atual desaceleração econômica pode ser um fator importante a ser ponderado. Investir em imóveis residenciais como uma proteção contra a inflação e gerando bons retornos parece uma opção muito interessante, principalmente se lembrarmos que as propriedades comerciais vêm lidando com um mundo em constantes mudanças pós-pandemia.

Naturalmente, o cenário econômico é apenas um dos fatores a se considerar. No fim das contas, o caminho do investidor para decidir entre imóveis comerciais ou residenciais dependerá de várias questões, como seus objetivos, sua tolerância ao risco, a quantidade de capital disponível e, claro, o tempo.

Os dois setores diferem bastante quanto aos requisitos e resultados, e é provável que seu perfil de investidor acabe tendo maior preferência por um deles. Para saber isso, é crucial entender as diferenças. Só assim você poderá tomar uma decisão bem-informada sobre onde alocar seu valioso dinheiro.

Quais as diferenças?

A diferença fundamental entre propriedades comerciais e residenciais é que a primeira abrigará um negócio, enquanto a outra servirá de moradia. Há imóveis comerciais das mais diversas formas, desde um enorme shopping center a uma pequena loja, mas, no fim das contas, eles estarão sempre alugados para inquilinos que realizam atividades voltadas à geração de renda. Por outro lado, os imóveis residenciais são alugados para servir de lar a famílias e indivíduos.

Geralmente, quem investe na aquisição de imóveis residenciais não mora neles. Ao invés disso, os compra para alugar a terceiros. Já os imóveis comerciais compreendem um conceito mais abrangente que, basicamente, inclui quaisquer propriedades que não sejam usadas primariamente como residência. Assim, temos como exemplos os escritórios, varejistas, armazéns, hotéis, entre outros. Portanto, se o retorno das propriedades residenciais depende do pagamento de aluguel por indivíduos ou famílias, o investimento em imóveis comerciais confiará no lucro de empresas ou profissionais.

Os pros e contras dos imóveis residenciais

Investir em propriedades residenciais pode ser o ideal para você? Além de ser uma proteção potencialmente interessante contra a inflação, os imóveis residenciais são considerados uma ótima fonte de renda passiva. Se você quer ganhar dinheiro rápido, é pouco provável que esta seja sua primeira escolha, pois trata-se de um investimento essencialmente de longo prazo. Mas não se desanime por isso. Imóveis residenciais também podem oferecer bons retornos em períodos mais curtos se comparados a outros investimentos de "longo prazo", como as ações.

Naturalmente, qualquer desaceleração econômica poderá exercer algum impacto em investimentos de longo prazo. No caso do mercado imobiliário, os altos e baixos da economia deverão provocar mudanças no comportamento dos inquilinos. Eles podem pensar duas vezes antes de sair da casa dos pais, ter filhos ou procurar um lugar maior para viver. Mas é improvável que essas decisões sejam tão impactantes a ponto de desequilibrar a demanda por imóveis para locação. É fato que as pessoas sempre precisarão de um lugar para viver, o que torna esse mercado bastante estável.

Ao ponderar sobre qualquer investimento, as barreiras de entrada também são um fator significativo na tomada de decisão. E, historicamente, o setor imobiliário tem barreiras que podem desencorajar quem deseja investir no longo prazo. Porém, com a Bricksave, os investidores têm a oportunidade de entrar nesse lucrativo setor aplicando valores condizentes com suas realidades. É um cenário bastante vantajoso. Além disso, a Bricksave nunca oferece imóveis residenciais inacabados. Os investidores têm a tranquilidade de saber que seus locatários só receberão propriedades prontas e disponíveis em pouco tempo.

Comparativos com as propriedades comerciais

Voltamos, então, à grande questão: investir em imóveis residenciais ou comerciais? Em primeiro lugar, a forma como os imóveis são alugados é muito diferente em cada setor, uma vez que as propriedades residenciais servem de moradia, enquanto as comerciais abrigam empresas e suas operações. Por conta disso, alguns detalhes legais também diferem, como os contratos de aluguel, que geralmente são bem mais longos nos imóveis comerciais. Devido à escala desses contratos, é fato que as propriedades comerciais oferecem retornos melhores em muitas regiões.

Além disso, as propriedades residenciais podem exigir muito mais do seu tempo. Imagine que ocorra um vazamento ou qualquer dano no imóvel. Você precisaria gastar tempo e dinheiro para repará-lo, certo? Ademais, como os inquilinos residenciais não estão vinculados a contratos tão longos, a eventual necessidade de buscar novos locatários também demandará tempo.

Por outro lado, os investidores de imóveis comerciais podem não querer estar vinculados a contratos tão longos com as empresas. Como investidor de imóveis residenciais, você terá maior poder para repassar a inflação, aumentando os valores de aluguel.

Antes da pandemia, era comum dizer que, devido à maior rotatividade dos locatários, investir em imóveis residenciais era mais arriscado do que em propriedades comerciais. Mas esse mercado se alterou para sempre graças à recente evolução tecnológica.

No "novo normal", não são apenas as empresas de tecnologia de ponta que trabalham com sistemas remotos e videochamadas. Além disso, a pandemia também mudou o comportamento dos consumidores. O comércio eletrônico está mais presente do que nunca, incentivando as empresas a optarem por grandes armazéns logísticos ao invés dos pontos comerciais de antes.   

Com riscos adicionais e as típicas barreiras de entrada, os imóveis comerciais têm se tornando um investimento menos atraente em comparação às propriedades residenciais.

Com a Bricksave, você pode investir valores condizentes com a sua realidade e ingressar no lucrativo mercado imobiliário residencial.

Bricksave Admin profile image
Bricksave Admin
Bricksave Team

Outubro 13, 2022

COMPARTILHAR ESTE ARTIGO

Artigos relacionados

As 5 principais tendências em investimentos imobiliários 2023
Fevereiro 02, 2023

As 5 principais tendências em investimentos imobiliários 2023

O que vai acontecer com o setor imobiliário dos EUA este ano? As tendências de 2022 continuarão ou veremos algumas surpresas? Ninguém pode dar uma previsão precisa. Mas mesmo que …

Que tipo de investidor ou investidora é você?
Janeiro 16, 2023

Que tipo de investidor ou investidora é você?

Esta não é uma pergunta fácil para quem ainda é novato no mundo dos investimentos. Então, antes de mergulharmos no tema, vamos esclarecer alguns mitos sobre o que é ser …

Crowdfunding Imobiliário: retornos consistentes e confiáveis para aumentar sua riqueza
Setembro 29, 2022

Crowdfunding Imobiliário: retornos consistentes e confiáveis para aumentar sua riqueza

Rentabilidade estável e confiável – O segredo para acumular riqueza ao longo do tempo Por que nós investimos? A resposta é simples: ganhar dinheiro. Você pode estar economizando para a …

Imóveis disponíveis

O investimento está associado a riscos, incluindo a perda de capital e a falta de liquidez. Leia nossa Advertência de Riscos antes de investir.