5 Tendências a serem observadas no Crowdfunding Imobiliário

Notícias > Blog > 5 Tendências a serem observadas no …

Crowdfunding

 

O Crowdfunding Imobiliário continua ganhando força como a nova forma lucrativa e segura de investir em propriedades - esta indústria agora vale cerca de US$3,5 bilhões. À medida que o setor cresce, estão sendo criadas novas aplicações e réplicas, e surgem novas tendências interessantes enquanto a tecnologia vai se desenvolvendo:

 

 

Investidores Jovens

Agora que o Crowdfunding Imobiliário está ganhando popularidade, os jovens estão começando a percebê-lo. Dado que a prática é toda on-line, ajusta-se muito bem à necessidade da geração mais jovem de simplicidade, eficiência e rapidez; some-se a isto os baixos investimentos iniciais, e o resultado é que cada vez mais pessoas de 20 anos a 30 e poucos (aqueles que pela primeira vez possuem ingressos disponíveis depois de integrar-se ao mercado de trabalho) agora estão decidindo investir em bens de raiz.

 

Investimentos Internacionais

O Crowdfunding Imobiliário fez com que investir em bens de raiz, em um país diferente, seja mais fácil. Segundo a Forbes, houve um marcado incremento no investimento internacional realizado através do Crowdfunding Imobiliário, especialmente entre os EUA e a China. Espera-se que esta tendência continue se desenvolvendo nos próximos anos.

 

Focalizando na Regulamentação

Os governos estão começando a perceber o impacto do crowdfunding em indústrias tais como a imobiliária, e respondem adaptando as medidas regulatórias vigentes, tanto para facilitar o crowdfunding como para limitar a potencial fraude ao consumidor. A Lei JOBS, nos EUA, foi uma mudança importante em direção à consolidação do crowdfunding como um novo método de investimento, o que permite aos investidores não certificados investir através do Crowdfunding de capitais; do outro lado do mundo, a Autoridade Monetária de Singapura também propôs, recentemente, uma flexibilização em suas normas de Solicitação Geral, para permitir que mais plataformas on-line de capitais possam avançar.

 

Instituições que participam

As grandes instituições financeiras agora também estão reconhecendo o potencial do crowdfunding de capitais. O Santander, por exemplo, recentemente associou-se a uma plataforma britânica de crowdfunding para arrecadar fundos para empresas sociais.  É provável que este tipo de associação converta-se em algo mais comum, com investidores institucionais ajudando a promover e complementar campanhas de crowdfunding.

 

Crowdfunding para planos de aposentadoria

Reconheceu-se, recentemente, que o Crowdfunding Imobiliário é uma opção lucrativa para planos de aposentadoria, devido à estabilidade natural dos bens de raiz e à capacidade de maximizar a diversificação do portfólio, devido aos baixos custos do investimento inicial. A simplicidade do Crowdfunding Imobiliário também irá entusiasmar a geração mais jovem a começar a poupar para uma aposentadoria antecipada, vendo como os investimentos podem ser feitos a partir de qualquer dispositivo móvel.

 

Maio 11, 2017

Artigos relacionados

Como o crowdfunding imobiliário permite que você invista como o fazem as pessoas mais ricas do mundo
Outubro 15, 2020

Como o crowdfunding imobiliário permite que você invista como o fazem as pessoas mais ricas do mundo

Você sempre quis ser como Jeff Bezos ou Bill Gates? Investir pode ser a maneira de você fazer fortuna. Se você acha que precisa de grandes quantidades de dinheiro para …

Como o financiamento coletivo imobiliário pode ser uma opção segura em tempos de crise
Outubro 12, 2020

Como o financiamento coletivo imobiliário pode ser uma opção segura em tempos de crise

A proteção contra a volatilidade do mercado deve ser prioritária na agenda de qualquer investidor. Os meses recentes destacaram como isso é importante para proteger seu investimento das vulnerabilidades do …

Por que as mulheres deveriam investir em crowdfunding imobiliário?
Outubro 05, 2020

Por que as mulheres deveriam investir em crowdfunding imobiliário?

As mulheres têm mais oportunidades do que nunca de levar uma vida independente. Porém, no que se refere ao investimento, pareceria que ainda temos um longo caminho antes que as …

Imóveis disponíveis