Chicago

Illinois

Chicago está situada no meio-oeste, na costa do Lago Michigan, no nordeste de Illinois. Chicago tem quase 10 milhões de habitantes e está entre as 30 maiores áreas metropolitanas do mundo. A cidade ostenta um lago de 42 quilômetros, com 24 quilômetros de praias arenosas, uma ciclovia de 19 quilômetros e centenas de belos parques como o Millennium Park e o Lincoln Park, tudo isso envolvido por um vista de belezas arquitetônicas.

Chicago é a maior terceira cidade dos EUA, depois de Nova York e Los Angeles, com uma população de 2,7 milhões de habitantes. O custo de vida em Chicago é 40% menor que o de Los Angeles, e 30% menor quando comparado com o de Nova York, tornando Chicago uma das cidades mais atrativas para se viver. Em 2018, Chicago foi classificada como a melhor cidade pela revista Time Out, em seu Índice Anual de Vida Urbana.

Chicago é um centro cultural e comercial. A área de Chicago possui um dos mais altos produtos internos brutos (PIB) do mundo, gerando mais de USD 709,20 bilhões em 2020 e cresceu perto de 22% durante os últimos 5 anos. Se Chicago fosse um país, seria a 19a maior economia, depois da Holanda e antes da Arábia Saudita, Suíça ou Argentina.

Visite nossos imóveis em Chicago Baixe o relatório de mercado

Você sabia que?

  • Em 1900, o fluxo do rio Chicago foi revertido por engenheiros.
  • Todos os anos, o Rio Chicago é tingido de verde para comemorar o Dia de São Patrício.
  • Gotham City, de Batman, foi inspirada em Chicago e muitos dos filmes atuais foram filmados nessa cidade.
  • A histórica Rota 66 começa em Chicago e termina em Santa Monica, Califórnia.

Chicago em números

2.69M
População
7.5%
Taxa de desemprego
US$709Bn
PIB
US$63,500
Ingresso per capita

Uma visão geral de Chicago

A cidade possui uma potência econômica eficiente, que abriga mais de 400 grandes sedes corporativas, incluindo 34 das citadas na Fortune 500. É uma metrópole corporativa de ponta para empresas novas e em expansão. Em 2020, pelo oitavo ano consecutivo, a revista Site Selection classificou Chicago como "Top Metro" nos EUA para expansão corporativa.  As empresas da Fortune 500 com escritórios em Chicago incluem Boeing, Walgreen Company, Allsatate Corporation, Kraft Foods Incorporated, McDonald’s Corporation, Abbott Laboratories, Exelon, e as principais bolsas de derivativos (Chicago Mercantile Exchange (CME), Chicago Board of Trade (CBOT).

Desde a década de 1850, Chicago tem sido um centro mundial de ensino superior e pesquisa com várias universidades na própria cidade ou nas redondezas. A Booth School of Business da Universidade de Chicago, fundada em 1898, é a segunda escola de negócios mais antiga dos EUA e está associada a 9 ganhadores do Prêmio Nobel em Ciências Econômicas, mais do que qualquer outra escola de negócios do mundo. O curso exclusivo de MBA (sigla em inglês para Mestrado em Administração de Negócios) da Universidade de Chicago foi classificado em primeiro lugar pela Forbes e pela The Economist em 2019. A The Economist também classificou Chicago em primeiro lugar desde 2012 até 2016. Em 2020, foi classificada em terceiro lutar pelo Financial Times e em sexto pela The Economist. 

Chicago é reconhecida por seu vibrante meio artístico, inúmeras atrações culturais, excelentes áreas de compras e uma interessante arquitetura. A cidade goza de reputação mundial como um dos pontos centrais da arquitetura e da arte do século 20, com arquitetos como Louis Sullivan e Frank Lloyd Wright e artistas como Picasso, Chagall, Dubuffet e Miró tendo deixado suas marcas. Chicago também é a casa de diversos times esportivos: The Bears (futebol americano), o White Sox e o Chicago Cubs (beisebol) e o Bulls (basquete) e o internacionalmente reconhecido jogador Michael Jordan.  Chicago também é a casa de diversas celebridades. Michele Obama, Harrison Ford, Cindy Crawford ou Walt Disney, para mencionar algumas das que nasceram e cresceram em Chicago.

Com mais de 55 milhões de visitantes por ano, Chicago é a segunda cidade mais visitada dos EUA. O aeroporto internacional de O’Hare, em Chicago, é continuamente classificado entre os seis aeroportos mais movimentados do mundo, de acordo com o Airport Council International. Além disso, a revista de viagens de luxo e estilo de vida Conde Nast Traveler votou em Chicago em 2020 como a melhor grande cidade dos EUA para se visitar, pelo quarto ano consecutivo, algo sem precedentes.

Alguns dos marcos históricos mais famosos de Chicago incluem o Millennium Park, o Navy Pier, o Magnificent Mile, o Instituto de Artes de Chicago, o Museum Campus, a Torre Willis (Sears), o Grant Park, o Museu de Ciências e Indústria, o zoológico do Lincoln Park e a biblioteca central Harold Washington.  Chicago possui mais pontes que qualquer outra cidade. Existem 37 pontes móveis que se distribuem por todo o rio Chicago.

Além disso, os espaços verdes em Chicago constituem uma visita obrigatória. O maior parque da cidade é o Lincoln Park, e um outro grande exemplo de parque comunitário é o histórico parque Jackson, e também os campos de golfe da Costa Sul. Estes estão sob transformação, e um projeto integral de USD 30 milhões melhoraria a área e a transformaria em um único curso para campeonatos, de 18 buracos, desenhado por Woods e um campo mais curto para crianças e famílias.

Arquitetura

A maior parte do parque habitacional de Chicago foi construída antes da Segunda Guerra Mundial, tornando-a uma das maiores cidades históricas do país. Os edifícios de Chicago influenciaram e refletiram a história da arquitetura norte-americana. Frank Loyd Wright, o maior arquiteto norte-americano, nasceu em Chicago e influenciou a arquitetura da cidade, bem como a arquitetos em todo o mundo. Construiu-se em Chicago o primeiro arranha-céu do mundo em 1885, e muitos outros arranha-céus construídos criaram o grande horizonte desta cidade que se modifica e se amplia o tempo todo.

O Centro Presidencial Barak Obama, um desenvolvimento de USD 2 bilhões, planejado para ser desenvolvido no Hyde Park, na Zona Sul da cidade, vai melhorar significativamente a cidade e atrair investimentos privados para a área, o que ajudará a aumentar os valores e a demanda nos próximos anos.

Chicago tendências do mercado imobiliário

US$268,158
Valor médio da casa
141,820
Unidades residenciais vendidas em 2020
US$1,722
Aluguel médio mensal
7.40%
Taxa de vacância de aluguel

Mercado imobiliário

Os investidores em imóveis que procuram rendimentos acima do mercado em um mercado com liquidez têm uma opção única em Chicago. Goza de uma economia poderosa, semelhante a grandes mercados como os de Nova York e Los Angeles, por uma fração do preço.

O valor médio de uma residência, em fevereiro de 2021, era de USD 268.158, em comparação com USD 475.000 em Nova York e USD 735.000 em Los Angeles. Isso permite que mais moradores de Chicago comprem uma casa e é por isso que a taxa de propriedade de Chicago é de 66%, em comparação com cerca de 50% em LA e NY.

Com uma renda mensal média de USD 1.722 por mês, e uma taxa de desocupação para aluguéis de 7,4%, Chicago oferece um dos mercados de aluguéis mais atraentes de todo o país, proporcionando uma excelente oportunidade para aqueles investidores que procuram rendimentos de aluguel.

Não obstante a pandemia, durante o último ano o mercado de imóveis residenciais em Chicago cresceu e os valores para vendas permaneceram em um nível robusto. O mercado de imóveis residenciais em Chicago cresceu durante a pandemia, e os investidores em bens imobiliários podem esperar um crescimento contínuo nos próximos anos, já que a demanda de residências continuará a superar a oferta.

Os preços de venda de residências na área de Chicago estão subindo pela primeira vez em anos, ao mesmo tempo em que a economia se recupera da pandemia. Compradores de imóveis residenciais aproveitam a baixa recorde dos valores das hipotecas. Os dados de mercado o refletem, com aumentos significativos no fechamento de vendas e seus preços médios, e uma queda no estoque, em comparação com o ano passado.

  • Em Chicago, o aluguel médio mensal elevou-se em 3,6% durante os últimos 5 anos.
  • A disponibilidade média para aluguéis em Chicago, Illinois, foi de 7,40% em 2020.
  • A avaliação imobiliária incrementou-se em 11,9% durante o último ano e 23% durante os últimos cinco anos.
  • A avaliação imobiliária em Chicago tem uma projeção de crescimento de outros 8,4% até 2022. 

Nossas propriedades em Chicago

83
Propriedades concluídas
US$10.602.689
Valor Investido
US$891.299
Previsão de retorno anual de aluguel
8,63%
Desempenho médio

O investimento está associado a riscos, incluindo a perda de capital e a falta de liquidez. Leia nossa Advertência de Riscos antes de investir.